domingo, 17 de outubro de 2010

Numa pequena exploração de helicicultura

Numa pequena exploração de helicicultura, de um amigo encontramos cerca de 300 caracóis reprodutores que podem pôr entre 60 e 150 ovos cada um, depois do acasalamento.
Os caracóis são hermafroditas mas têm de acasalar para haver fecundação. Eles unem-se pela cabeça e assim permanecem durante umas dez horas, podendo repetir a operação várias vezes. O período que medeia entre o acasalamento e a desova vária conforme a temperatura, mas pode chegar entre os doze aos quinze dias.
No passo seguinte, o caracol escava um buraco de três a quatro centímetros de profundidade na terra e ali deposita os ovos. O buraco é tapado e inicia-se a incubação que pode durar entre 14 e 30 dias, conforme a temperatura. Em seguida, o caracol nasce já formado, com uma casca de três milímetros e com 27 mg de peso. Então começa a se alimentar de matéria orgânica e restos dos ovos.
Nos viveiros o helicultor, após passado algum tempo dos caracóis saírem desta espécie de maternidade faz a recolha e os coloca em locais onde vão começar a “engordar.”
Durante o dia se escondem da luz solar e à noite saem. O caracol se esconde debaixo de telhas, chapas, madeiras, bidões de plástico ou lata. Quando chega à noite começa a correria da procura de comida, comem ração própria e quase tudo o que aparece no seu caminho, geralmente o que é verde.
A sua ração é composta de uma mistura de farinha de soja, trigo, milho e aveia. À noite, alem da ração, comem couve, trevo e alface, que também são semeados no terreno onde se encontram.
Estes gastrópodes sobem por cima de tudo, por isso os viveiros possuem redes. Estes pequenos animais necessitam de quatro meses para atingir a idade adulta e para poder ser comercializado no mercado.
Um caracol adulto pesa entre 5 e 20 gramas no caso os mais comercializados são o “helix aspersa” ou “petit gus”, francês e o máximo, conhecido por “escargot de Bourgogne”.
Segundo alguns criadores, a partir de 2000 aos 5000 metros quadrados, já podemos ter um negócio de peso no mercado, com as novas tecnologias e o reaproveitamento de águas da chuva, podemos poupar bastante em despesas. É bom lembrar que podemos criar caracóis em casas com quintais e ganhar alguns trocos na nossa vizinhança, mas para quem sonha mais alto, precisa investir e aí os valores aumentam conforme o nº de estufas que se quer.
Segundo alguns criadores cada estufa custa cerca de 20.000 euros , não podemos esquecer que os caracóis também têm os seus predadores.
Eles são uma presa fácil para muitos outros animais que alimentam-se de caracóis. Os ratos, pássaros diversos, batráquios (sapos e rãs), toupeiras, osgas, lagartixas, ácaros, insectos entre outros.

12 comentários:

  1. Olá amigo: Cheguei das férias e vim mais cansado do que quando fui.
    Não sou um apaixonado dos caracóis, gosto mais das minis, mas digo que este ano abusei e dei 5,00 euros por um pratinho de caracóis. Achei caro, mas soube-me muito bem.
    Não há dúvida que têm muita boa gente ganhando um dinheirão com a helicicultura e com as tascas. Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. A Bio Jogral dá Formação.
    Este tipo de formação não é barata, mas a "Bio" é certificada.
    O Módulo Engorda visa formar os futuros helicicultores nas seguintes àreas:

    Engorda em Estufas.
    Engorda ao ar livre.
    Construção e manutenção dos parques de engorda de acordo com o "Método Simplificado" desenvolvido pela Biojogral.
    Materiais, equipamentos e infraestruturas necessárias.
    Sementeira, espécies vegetais adequadas.
    Rações Balanceadas. Composição e distribuição nos parques de engorda.
    Períodos de regas.
    Apanho, expurgo e secagem.
    Embalagem e etiquetagem.
    Comercialização. Clientes alvo, tipos de embalagem e normas de higiene.
    Fornecedores de materiais e consumiveis.
    Existem mais sites que falam sobre este tipo de formaçao e a palavra chave para fazer a procura é helicicultor.
    Veja este link: http://www.biojogral.com/scripts/default.asp?art_id=45

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para se crescer nesta área da helicicultura é preciso ou convém ver algumas instalações e quem sabe fazer também algumas formações como: Leis, conservação de carne de caracol, normas da HCCP, entre outros.

      Os custos de um investimento deste calibre passa por:

      1-Montagem das infra-estruturas,
      2-investimentos a realizar ,
      3-tipos de produção (estufa - ou ao ar livre)
      4-como preparar os parques de engorda e o que semear,
      5-montagem de sistemas de rega,
      6-fabrico de abrigos,
      7-quantidade de caracóis bebés a comprar,(avelins)
      8-manutenção dos parques,
      9-engorda dos caracóis,
      10-aplicações de fitofármacos,
      11-apanha,
      12-purga,
      13-embalagem,
      14-conservação,
      15-escoamento,
      16-legalização da actividade,
      17-candidatura a subsídios do Ministério da Agricultura Etc....

      Excluir
  3. Interessante: mas gostava de saber o que sabe melhor, se é o caracol selvagem ou o de cativeiro.
    Hoje vivemos numa época de produções massivas e devido as farinhas, qualquer dia o frango, o porco e o caracol saberão ao mesmo. Ou seja, terão todos o mesmo sabor e estarão todos dependentes dos caldos Knnor para "saberem" ao sabor dos antepassados e originais espécies distintas.

    ResponderExcluir
  4. Já há cada vez mais pessoas procurando novos horizontes para criar o seu próprio negócio.
    não há dúvidas que um "NEGÓCIO DE CARACÓIS" pode ser a resposta, mas infelizmente tudo o que é feito legalmente paga-se muitos impostos tornando dificil a sobrevivência do negócio e das pessoas envolvidas. Qualquer pessoa pode criar caracóis, mas poucos serão especializados, pois a formação continua exige muito investimento e nem sempre quem sabe nos vende toda a informação.
    Conhecer as características do que envolve o negócio e o próprio produto é o primeiro passo para o negócio.
    "A" Alimentação, Reprodução, Predadores,Constituição do Caracol e Especificidades são a base de todo este negócio, sem falar nos materiais necessários para proteger o investimento dos predadores e das outras forças da natureza e por fim o comprador, sem ele não existe negócio.

    No meu caso, se entrasse num negócio destes, seguiria a dica do dono do blog, primeiro desenvolvia o negócio no sil~encio dos Deuses e ia pouco a pouco abarcando a clientela, se valesse a pena, abriria legalmente a minha empresa se não, ganharia apenas o dinheiro necessário para umas férias através da venda directa aos meus vizinhos das tascas e restaurantes da localidade.

    ResponderExcluir
  5. O que preciso para começar ?

    É possivel criar uma exploração de caracóis aproveitando infrastruturas existentes e recorrendo a reciclagem, ferro-velho, outros materiais como paletes ou, pelo contrário, adquirir todo o material novo e criar de raiz. As opções são muitas.

    Não contabilizando os custos em mão-de-obra. Os preços das redes (vedações), água, refúgios de proteção e reprodução, rações e a compra de alevins requerem uma boa atenção, já que o nº de alevins geralmente são feitos de acordo com a metade do terreno onde são feitas a instalação de todos os materiais necessários para a produção.

    ResponderExcluir
  6. Métodos: Criação - Helicicultura

    1º - O método italiano ao qual se costuma chamar "Ciclo Biológico Completo" onde os animais são criados em grandes parques de terreno a céu aberto. Antes dos caracóis reprodutores serem colocados o terreno é tratado e é-lhe aplicada uma sementeira com uma mistura específica de vegetais que mais tarde os caracois irão comer e usar como abrigo. Não necessita de grande investimento nem mão-de-obra a tempo inteiro na maioria dos casos, o que faz deste método a forma ideal para um "passatempo" familiar ou uma segunda fonte de rendimento. Tem como principais pontos fracos o tempo necessário para que o caracol atinja a idade adulta - cerca de dois anos com colheitas anuais -, a elevada taxa de mortalidade (até 30% é considerado normal), o não poder ser praticado no Inverno e não ser possível controlar efectivamente a quantidade de caracol criado. A colheita tende a ser um processo lento.




    2º - O método francês ou "Sistema Intensivo" onde os animais são criados em mesas específicas colocadas em recintos fechados com parâmetros de luz, temperatura e humidade controlados e alimentados exclusivamente com rações próprias para helicicultura. Desta forma o caracol leva seis a oito meses a atingir a idade adulta e é possivel criar caracóis o ano inteiro. Também permite tirar o maior rendimento possível do espaço disponível e os processos de controlo da colheita são muito facilitados. Tudo isto à custa de um maior investimento e de uma absoluta dedicação a tempo inteiro.

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde,
    Eu sou Alexandra, sou de Ovar e neste momento estou desempregada, tenho vários terrenos que herdei e gostava de explora-los. Pensei na helicicultura mas não sei como começar. Estava interessada em obter mais informações sobre criação de caracóis e comercialização. Saber como se processa. Se e rentável que capital é necessário para começar e onde obter formação não muito cara e com alguém honesto, pelo que li parece que me pode ajudar ou indicar alguém a quem me possa dirigir se for possível ficava agradecida. Obrigado
    paivaamaral@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aconselho a ler...

      http://heliciculturaemportugal.blogspot.pt/2014/07/estado-da-helicicultura-em-portugal.html?m=1#comment-form

      Excluir
  8. boa tarde gostava de me iniciar na helicicultura, tenho várias propriedades que gostava de explorar mas nao sei onde posso obter informação acerca do investimento inicial,se fosse possível gostaria de saber mais informações acerca deste ramo. agradecia que me pudessem facultar toda a informação possivel.

    j.luis.f.b.duarte@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Olá. Tenho andado a pesquisar sobre este negócio. Gostaria de saber se alguém está a trabalhar como franchisado de uma empresa chamada Touchstone? Eles dizem que têm produtores portugueses a trabalhar com eles. Gostaria de saber de alguém que os conhecesse e partilhasse a sua opinião.

    Obrigado

    Isabel

    ResponderExcluir

  10. Você está procurando um emprestador de empréstimo legítimo? ? Você realmente precisa de empréstimo urgente para iniciar seu próprio negócio? Você está em dívida? Esta é a sua chance de alcançar seus desejos e damos empréstimos pessoais, empréstimos comerciais e empréstimos corporativos e todos os tipos de crédito de 2% por anulação para mais informações entre em contato conosco pelo e-mail beverlyloan.institute@gmail.com

    ResponderExcluir